O processo de mudança é sempre complicado. São muitas decisões, muitas tarefas e quase sempre o stress toma conta de tudo. Como conciliar as atividades de rotina com toda a demanda de uma mudança? O primeiro passo é antecipar ao máximo toda a organização a cerca da mudança. Liste seus objetivos e tarefas e o prazo necessário para cumpri-las. É importante criar metas possíveis, que não sobrecarreguem a família, principalmente quando se tem crianças.

Antes de começar a encaixotar seus pertences, separe tudo o que você não pretende usar ou que está encostado há tempos no fundo do armário. Doe ou venda esses itens: além de se livrar da bagunça, você ainda torna a mudança um pouquinho menor.

Por final, empacote tudo pensando na hora de desempacotar. Faça listas do que há em cada caixa e coloque etiquetas (quarto do filho, quarto do casal, banheiro, etc.). Também pode ser interessante criar uma “caixa do socorro”, com todos os itens indispensáveis para a hora que você finalmente estiver na casa nova: papel higiênico, escova de dente, uma troca de roupa e o que mais você achar necessário.

Mudança sem stress