A Páscoa está chegando e com ela, aquela vontade de poder abusar de um dos alimentos mais amados do mundo: o chocolate! Seja no tradicional formato de ovo, em barra ou bombom, o sabor sem igual desta preciosidade nos deixa com água na boca só de pensar! Ao mesmo tempo a preocupação com as calorias também está presente! Mas sabia que, na medida certa, dá pra comer chocolate todo dia e ainda obter benefícios para a saúde?

0603 blog1.png

Uma das principais vantagens do chocolate é justamente o valor calórico alto, que consegue energizar o organismo rapidamente. Uma barrinha de 30g possui em média 120 caloria. O recomendado é que você coma o seu pedaço ainda pela manhã ou até a hora do almoço, para que estas calorias sejam queimadas durante o dia. Comendo de noite, próximo do repouso, a chance deste chocolate ser armazenado em forma de gordura no seu corpo é muito grande.

Além disso, o chocolate possui uma grande quantidade de antioxidantes flavonoides, ótimos para a boa circulação sanguínea, o que reduz as chances de derrame cerebral e infarto, já que estimulam os músculos cardíacos e previnem o câncer. Também possuem serotonina, que promove a sensação de bem estar e teobromina, que estimula o sistema nervoso central.

É claro que nem todos os chocolates possuem os mesmos benefícios, eles são intensificados ou diminuídos de acordo com a composição de cada um. Mas mesmo assim, todos possuem suas particularidades.

Chocolate Branco

0603 blog2.png

É o mais prejudicial de todos, por não conter cacau e sim uma maior quantidade de açúcar e gordura. No entanto, ele não possui cafeína o que se torna uma vantagem principalmente para aqueles que não abrem mão de comer chocolate, mas não podem consumir cafeína depois de um determinado horário.

Chocolate ao Leite

0603 blog3.png

O mais tradicional do mercado, possui menos de 40% de cacau, misturados ao leite e açúcar. Ele possui menor quantidade de gordura hidrogenada na composição, por isso, torna-se menos calórico que o branco e mais saudável.

Chocolate Diet

0603 blog4.png

Este é ideal para os diabéticos, já que não contém um grama sequer de açúcar. Mas não se engane: por não conter açúcar, a quantidade de gordura em sua composição é maior (em alguns casos, chega a 75%). Então, se não é diabético, tente não consumir este tipo de chocolate, terrível para quem está tentando perder peso.

Chocolate meio amargo ou amargo

É considerado chocolate meio amargo aquele que possui de 40 a 55% de cacau em sua composição, enquanto o amargo, de 60 a 85%. Apesar de não serem tão doces assim, são os que apresentam os maiores benefícios para a saúde. E fica a dica: quanto maior o teor de cacau no chocolate, mais saudável ele é. Além disso, por possuírem menos açúcar e gordura, são ideais para o emagrecimento. Aliás, o chocolate amargo beneficia até os diabéticos: devido a esta baixa quantidade de açúcar, são recomendados por alguns médicos. Mas, caso seja diabético, antes de consumidor o produto, consulte um especialista, ok? Só ele poderá analisar o seu caso.

Por fim, o chocolate amargo ainda possui  várias propriedades que favorecem o fortalecimento cardíaco e a circulação sanguínea, auxiliando no controle da pressão arterial. Também estimulam o sistema nervoso central, aumentando o bem estar e até prevenindo o envelhecimento. E o melhor de tudo é saber que para ter todos os benefícios do chocolate amargo basta comer um quadradinho de chocolate por dia, cerca de 6g.

Facebook 600 x 315px.png

Pronto! Agora que você já sabe tudo sobre chocolates para essa Páscoa, é hora de pensar no almoço com a família e a Camesa te ajuda: corre lá na nossa linha de roupas de mesa e eleja uma das toalhas da linha Neo Jacquard para o almoço deste dia. E de mimo, nossa linha “Pano Dizeres” tem uma peça feita exclusivamente para quem ama chocolate! Não deixe de conferir e se inspirar!