Todos sabem que além do chocolate, outro alimento tradicional na Páscoa é o peixe, considerado prato principal da Sexta-Feira Santa, devido ao fato de algumas religiões não permitirem o consumo de carne vermelha nesta data.

2003blog1.png

Mas independente de qualquer crença, o fato é que o peixe é um alimento muito saudável, amigo de qualquer dieta e que traz benefícios para a saúde. Hoje enumeramos alguns deles.

O consumo regular de pescado, ao menos duas vezes por semana, só gera vantagens à saúde. Os peixes são fonte de vitaminas (A, E, D e niacina) e micronutrientes (ferro, iodo, magnésio, cálcio, sódio, fósforo, potássio, flúor, selênio, manganês e cobalto), além de ácidos graxos essenciais, como o ômega-3, recomendado para o bom funcionamento do coração, pois reduz o risco de infarto e AVC, evita a formação de coágulos, diminuiu os índices de triglicerídeos e previne as arritmias, ao estabilizar a atividade elétrica do coração.

Existem dois tipos de peixes: os gordos e os magros. Os gordos são aqueles cuja gordura está dispersa por toda a pele, como o salmão, atum e sardinha. Os mesmos são ricos em vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) e possuem alto índice de iodo, um mineral essencial ao bom funcionamento da tiróide.

2003blog3.png

Já os pescados considerados magros são aqueles de gordura localizada praticamente só no fígado, o que é o caso do robalo, garoupa e tainha. Eles também possuem uma série de nutrientes importantes para a nossa saúde, com a vantagem de possuírem a metade das calorias de um peixe gordo.

Apesar disso, não se assuste: mesmo um peixe gordo tendo um valor calórico um pouco maior, é menor do que da carne vermelha. Além disso, a gordura dele é altamente benéfica para o corpo humano, pois transforma o colesterol ruim em bom. 

Por fim, ambos apresentam textura suave, permitindo que sejam facilmente mastigados, o que auxilia no processo digestivo e evita transtornos como a azia, má digestão ou sonolência após a refeição.

2003blog2.jpg

Quanto ao preparo, a melhor maneira é assar ou grelhar, que mantém a qualidade nutricional do peixe. E, para fecharmos novamente em clima de Páscoa, o mais tradicional dos peixes para esta época do ano é o bacalhau, igualmente rico em minerais – como o ferro e fósforo –, vitaminas A, E e D e com colesterol quase zero. Pensando nisso, sugerimos uma receita deliciosa para este feriado!

Isso sim é uma Páscoa deliciosa e saudável ao mesmo tempo. Aproveite!