Algumas coisas acontecem todos os anos. São eventos planejados e que respeitam regras pré-estabelecidas. E mesmo que com essa descrição você imagine algo chato, esses eventos envolvem, criam expectativas e geram grandes mudanças: o cinema tem o Oscar, a música tem o Grammy e o design e decoração tem o anúncio da cor do ano, pela Pantone. E a comparação não é exagerada, a Pantone é uma das maiores autoridades em cores e reconhecida mundialmente por isso.

No final de 2016, foi anunciado a cor de 2017: o verde greenery. A cor tem um significado de recomeço e otimismo, além de representar a reaproximação com a natureza, um grande desejo da humanidade no último século.

Mas antes de começar a adotar a cor parar todos os itens, é importante ter alguns cuidados básicos para evitar exageros e mesclá-la no ambiente. E como não poderia deixar de ser, separamos as melhores dicas para trazer o verde greenery para sua casa.

Para uma repaginada

Para mudar mesmo a cara do ambiente, pode-se aplicar o verde greenery nas paredes do cômodo. E aí, opta-se por uma parede, todas ou até o teto. Mas neste caso, é importante optar por móveis e outros elementos em tons neutros como o branco ou preto, evitando uma bagunça visual ao se misturar o verde greenery com outras cores fortes.

Renovando a decoração

Se o verde greenery for uma opção para renovar a sua decoração, a cor pode trabalhar muito bem em móveis. Uma cadeira, uma mesa ou mesmo o estofado do sofá ficam ótimos. A cor vai chamar a atenção, independente da predominância em cores claras ou escuras do ambiente.

Contraste rústico

O verde greenery combina muito bem com elementos naturais e madeiras, podendo ser um ponto de modernidade ou um complemento a própria natureza do ambiente em que é inserido. Dessa forma, ele traz ao espaço um tom mais rústico.

É claro que existem outras formas de aplicar o verde greenery na decoração, mas o importante é não exagerar no uso da cor e respeitar a mescla do tom com outros, priorizando cores neutras.

Quer mais dicas de cama, mesa e banho? Continue acompanhando o blog da Camesa e nossos produtos aqui no site.