Decoradores e arquitetos afirmam e a Camesa assina embaixo: tapetes trazem conforto e aconchego a qualquer ambiente. No entanto, um tapete mal colocado pode gerar a sensação de mau gosto e desleixo. Inicialmente, pense no tipo de tapete de acordo com a necessidade de uso que ele terá no cômodo. Como saber isso? Vamos a algumas regras para facilitar essa escolha.

- O tapete pode ser utilizado como limitador do ambiente, facilitando visualmente onde começa e termina o espaço. Assim, pode definir o que é sala de estar e sala de jantar dentro de um mesmo cômodo, por exemplo. Para manter a organização, o ideal é que o tapete esteja cerca de 20 cm abaixo de cada um dos móveis.

- Ambientes clássicos ficam melhores com modelo de tapete quadrado ou retangular, já que são mais tradicionais. O tapete redondo ou com um modelo específico, com formato ou estampa descolada, pode personalizar a decoração mais moderna.

- A textura do tapete também é fundamental. Para ambientes com animais de estimação ou frequentados por pessoas com problemas alérgicos são recomendáveis os tapetes com fios curtos, como os rústicos ou estilo persa, já que são mais fáceis de limpar diariamente. Os tapetes felpudos são indicados para quem não precisa se preocupar com essa limpeza.

- A dica de ouro para fazer o tapete combinar com a decoração sem erros, é combiná-lo com almofadas ou objetos decorativos. 

O banheiro também é um cômodo que merece atenção com relação aos tapetes, que neste caso são substituídos por toalhas de piso. Eles atribuem charme ao espaço e trazem aconchego no pós-banho, pois evitam o contato do pé no chão gelado. A Camesa oferece uma gama de cores e texturas desses produtos, para combinar com todos os estilos de banheiro.