Nova coleção jogos de cama da Camesa

Nova coleção jogos de cama da Camesa

O jogo de cama é uma parte importante de um lar, principalmente quando se trata do conforto e da decoração dos quartos. E pensando no conforto, o material é muito importante, já que ele estará em contato com sua pele e corpo. Pensando nisso, lançamos a nova coleção de jogos de microfibra da Camesa. Conheça algumas das vantagens das peças de microfibra e porque essa é uma excelente escolha para a sua roupa de cama.

Durabilidade

A microfibra é um tecido sintético que mistura algodão e poliéster, possuindo assim uma durabilidade maior. Com isso, as cores de um desenho no tecido microfibra ficam conservadas por mais tempo, e isso acaba deixando a peça mais bonita! É até mesmo uma economia.

Lavagem

A resistência da microfibra permite que o tecido seja lavado direto na máquina de lavar, isso acontece porque esse é um tecido sintético, pensado também para esse tipo de processo.
Uma grande facilidade, afinal lavar a roupa de cama na mão é muito complicado e trabalhoso. E fique tranquilo, a microfibra vai continuar impecável.

19-blog1.png

Conforto

O tecido de microfibra é produzido com fios bem finos, o que garante uma maciez excelente, ótimo para o contato com a pele e o corpo, principalmente em um momento tão delicado quanto o sono! Vale colocar a microfibra na sua cama e dormir muito melhor.
 
Praticidade

Além da resistência na máquina de lavar, o jogo de cama de microfibra também é resistente ao ferro de passar. Essas duas características tornam o tecido o mais prático de todos, até na hora de arrumar a cama, já que ele fica esticado e bonito muito mais facilmente.

19-blog2.png

Gostou dessas dicas? Então agora conheça os jogos de cama de microfibra da Camesa em nosso site e em nossas redes sociais e tenha noites muito melhores!

Removendo manchas

Removendo manchas

Hoje trouxemos para o blog um serviço de utilidade pública! Tudo o que você precisa saber para remover manchas em tecidos causadas por produtos utilizados no nosso dia a dia. Sem complexidade, você pode fazer na sua casa e o resultado certamente irá lhe surpreender. 

Batom: Antes de tudo, passe um algodão para retirar o excesso. Após, lave com um detergente alcalino. Caso a mancha continue, misture um pouco de removedor e detergente neutro. Esfregue essa mistura na mancha delicadamente e coloque para lavar.

Chocolate: Lave com água quente e sabão. Em casos de manchas mais profundas, utilize água oxigenada.

Vinho: No momento em que o vinho for derramado, polvilhe bastante sal ou esprema suco de limão na mancha. Outra dica é esfregar a mancha de vinho tinto com vinho branco e depois, lavar com água e sabão.

Gordura: Molhe uma escova de roupa em uma mistura de água e amoníaco e passe sobre a mancha. Repetir a operação, desta vez embebendo a escova em água e vinagre. Você também pode colocar bastante talco sobre a mancha e deixar por algumas horas, além de lavar o tecido com detergente.

1209-blog.png

Sangue: Lave o tecido com água fria. Se a mancha persistir, lave novamente com água fria, sal de cozinha e um pouco de amônia. Outra opção é lavar com água fria e, em seguida, refazer o processo utilizando água oxigenada.

Café: Manchas recentes devem ser lavadas na hora, com água e sabão (quanto mais rápido, melhor). Já as antigas, devem ser retiradas com pano molhado em glicerina (fazer o procedimento por meia hora) e depois lavar com água quente e sabão.

Ferro de passar: Manchas suaves devem ser molhadas com água pura e expostas ao sol. Em casos de manchas mais acentuadas, coloque o tecido sobre uma toalha felpuda e esfregue um chumaço de algodão com água oxigenada 10 volumes. Em seguida, lave somente com água. Esfregue maisena e deixe sob o sol por algumas horas.

Molho de tomate: Molhe na hora com água e, em seguida, coloque amido em pó, deixando até secar bem. Retire com escova.

Esmalte: Use acetona ou removedor de esmaltes. Em tecidos finos, usar água oxigenada e, em seguida, água e sabão. Suor: Lave o local com uma solução de álcool e amoníaco. Depois, limpe com água quente e deixe secar à sombra. Não use cloro, pois a substância
pode endurecer e enfraquecer a fibra do tecido.

Frutas vermelhas: Lave com água e sabão. Deixar de molho numa mistura de água sanitária e espuma de sabão. Se a mancha for profunda e não sair, lave com vinagre e álcool.

Cerveja: Passe algodão com álcool sobre a mancha. Em seguida, lave com água morna e sabão em pó. 

Tinta de caneta: Esfregue a mancha com álcool, tomando cuidado para não desbotar o tecido. 

Seguindo essas dicas, praticamente qualquer tipo de mancha pode ser resolvida, de forma fácil e sem desespero!
 

Lançamento: canga toalha para o verão

Lançamento: canga toalha para o verão

Este mês voltamos para a estação mais bonita e florida de todas, a primavera! E além de toda a beleza que só a estação das flores pode proporcionar, os fãs do calor também podem agradecer por um clima mais quente e propício para a praia ou piscina. E justamente nesse clima propício para o bronzeado, divulgamos uma grande novidade da Camesa para esse verão: a canga toalha.

O que é a canga toalha?

A canga toalha é uma das grandes tendências do verão e não é para menos! Essa é uma peça muito versátil e prática, ideal para as mulheres aproveitarem a praia ou piscina de uma forma ainda mais fácil.

Basicamente, a canga toalha é uma peça frente e verso: de um lado é uma canga, pronta para ser usada na praia, aproveitando a estampa para criar um belo look de moda praia; e do outro uma toalha, super prática e pronta para secar-se após um banho de praia ou piscina. Ou seja, uma peça completa que une moda e utilidade.
 

0509-blog.png

Linha Camesa Beachwear

Lançamos na 4º ABUP Têxtil a nova linha Camesa Beachwear com mais de 20 estampas diferentes de canga toalha, inclusive todas nomeadas com nomes de mulheres, de A a Z. As peças têm estampas variadas para todo tipo de gosto, trazem motivos que incluem o floral, étnico, geométrico e mais. Puro charme para o seu verão!

Como escolher o lençol ideal

Como escolher o lençol ideal

Você sabe escolher o lençol ideal para sua cama? A tarefa pode parecer bem simples, afinal, a principal função de um lençol é evitar o contato do nosso corpo com o colchão. Mas apesar disso, não é qualquer lençol que serve e uma compra mal realizada pode incomodar seu sono e até trazer irritação para sua pele, além de prejuízo com a baixa durabilidade do lençol. Então, siga nossas dicas e aprenda sobre os tipos de lençóis.

Quantidade e Qualidade

Nem sempre quantidade significa qualidade, mas quando falamos dos fios em um lençol, quanto mais, melhor! A quantidade é determinada pela soma dos fios no sentido horizontal e vertical, numa área equivalente a uma polegada quadrada (algo em torno de 6,45 cm). Quanto mais fios, mais delicado será o toque. Você perceberá a maciez do tecido e certamente suas noites de sono serão bem mais prazerosas.

2908-blog1.png

Os Tipos de Tecidos
Além dos fios, o tipo de tecido faz uma grande diferença no lençol, conheça as características de cada um deles.

Percal

É um dos mais populares no Brasil, que leva essa denominação a partir de 180 fios. A composição pode variar: 100% algodão ou 50% algodão com 50% poliéster. Quando o tecido é misto, a tendência é que o lençol amasse menos e seja mais barato, porém, logo ele cria muitas “bolinhas”, gerando sensação de aspereza na pele e nem sempre a durabilidade é tão boa. Além disso, um lençol de tecido puro sempre é mais fresco que um 50/50.

100% Algodão

Sinônimo de qualidade! Um lençol de algodão não cria bolinhas e apresenta alta durabilidade. Além disso, o algodão funciona como isolante térmico no inverno e no verão não esquenta, ou seja, é adaptável a qualquer temperatura. E para fechar com chave de ouro, o algodão é um tecido que tem uma chance muito baixa de gerar alergia em quem o usa.

Algodão Egípcio

O fio egípcio nada mais é que um fio de algodão com fibras mais longas.O diferencial é que este algodão é cultivado às margens do Rio Nilo, que possui clima e solo ideal para produção de uma matéria prima de alta qualidade. É garantido que o toque e a maciez de um lençol de algodão egípcio são inigualáveis, assim como seu preço, que costuma ser bem alto.

2908-blog2.png

Microfibra

Tecido sintético, à base de poliamida ou poliéster, a microfibra tem sido muito requisitada na fabricação de cobertores, mantas e edredons, já que é resistente, antialérgica e possui toque macio. Além disso, aquece na medida certa, já que possibilita trocas térmicas. Outra grande vantagem é que peças de microfibra podem ser usadas na decoração da casa e secam rápido. Não é à toa que também é uma das queridinhas do mercado!

Malha

A malha é feita com 100% algodão. A diferença aparece somente na trama dos fios, que podem ser penteado ou cardado. O fio penteado passa por um processo que penteia os fios dando mais brilho e eliminando impurezas. Ele é macio, uniforme e possui longa durabilidade. Já o fio cardado é obtido através do processo no qual as fibras passadas pela carda se transformam em fio. Comparado ao penteado, o fio é mais grosso pois, na produção utiliza-se fibras mais curtas e mais grossas.

Seda, Cetim e Linho

Apesar de lindos e macios, a seda e o cetim são tecidos retentores de calor, portanto, não são muito recomendáveis. Use somente em ocasiões apropriadas. Já o toque do linho é um pouco áspero, por isso, também não recomendado para roupas de cama.

Agora que você já sabe os diferentes tipos de tecido, fique atento às instruções de lavagem que vem na etiqueta do produto: com os devidos cuidados, seu lençol vai parecer como novo durante muito tempo!
 

Entendendo as etiquetas

Antes de você comprar alguma roupa, seja ela para uso pessoal ou para a sua casa, você costuma verificar a etiqueta com as instruções da peça? A maioria das pessoas não faz isso e preferem cortá-las, principalmente em roupas de vestir e acaba ignorando as instruções das etiquetas.

No entanto, é na etiqueta que está guardada a chave para resolver a maioria dos problemas mais comuns na lavagem das roupas, como desbotamento, encolhimento e manchas. Portanto, é fundamental ler os símbolos de etiqueta antes de colocar tudo na máquina. Seguindo as instruções de lavagem, você evita perder as suas peças e mantém a durabilidade, garantindo cuidado e boa aparência!

2208-blog1.png

E mesmo que pareça ser complicado, os sinais contidos nas etiquetas são universais, ou seja, até mesmo aquela peça comprada fora do país segue o mesmo código. 

Basicamente, os símbolos se dividem em 5 categorias:

1ª Lavar: representada pela figura da tina, indica se a roupa pode ser lavada à mão ou máquina, temperatura da água, instruções de enxágue e centrifugação.

2ª Alvejar: tem como símbolo um triângulo, indica se a peça pode ou não utilizar alvejantes com cloro na limpeza.

3ª Secar: utiliza um quadrado como figura principal, e instrui se as roupas devem ser secas sob a luz natural ou secadora, além da temperatura e posicionamento adequados.

4ª Passar: o ferro indica se a peça pode ou não ser passada, e qual a melhor temperatura na obtenção do resultado ideal.

5ª Lavagem à seco (lavagem profissional): são instruções voltadas à lavanderias e casas especializadas, portanto, não se preocupe com elas!

Abaixo, segue uma tabela com alguns exemplos de etiquetas:

2208-blog2.jpg

Agora que tudo está mais claro e explicado, nada de sair cortando etiquetas por aí sem prestar atenção no que elas dizem sobre os cuidado de lavagem.